Desbloqueio de recursos florestais

Deutsch  English  Svenska

Há muito madeira não utilizada nas florestas europeias. A maior parte desta encontra-se "trancada" em florestas que pertencem a um número estimado de 16 milhões de proprietários florestais privados.

A propriedade florestal está a mudar. Os proprietários rurais, com capacidade para gerir ativamente as suas próprias florestas, estão em declínio. A nova geração de proprietários florestais possui um estilo de vida urbano, mais moderno e perdeu o interesse pela sua terra ou possui outras prioridades que não a produção de madeira.

Barreiras socioeconómicas e técnicas

Os principais desafios na propriedade florestal são as alterações demográficas, a crescente fragmentação das áreas florestais e os rendimentos instáveis ​provenientes ​das vendas de madeira pelo proprietário.

  • A madeira já não é a sua primeira prioridade e outras utilizações, tais como o lazer ou a conservação da natureza adquirem importância, sendo necessárias abordagens integradas da utilização da floresta.
  • Numa situação de rendimentos marginais / instáveis, as novas práticas florestais têm de oferecer soluções economicamente viáveis​​, sendo por isso necessário abordagens de gestão florestal participada.
  • A transferência do conhecimento florestal, útil aos proprietários florestais e as partes interessadas, é igualmente necessária.

Barreiras Ambientais

A gestão florestal sustentável tem de garantir uma variedade de funções florestais, para além da produção de madeira. Há uma crescente procura na sociedade por serviços ambientais de natureza não económica, como a conservação da biodiversidade e a regulação da qualidade da água.

Tree  Alentejo    Tree  Nordeste Transmontano

Find us from

EU flag
This project has received funding from the European Union’s Seventh Framework Programme for research, technological development and demonstration under grant agreement no 613762.